Make your own free website on Tripod.com

Horizonte Cristão- Arquivos

Em Destaque 5
Home
Prezados Amigos
Em Destaque
A Bíblia Fala
Estudando a Bíblia
Heróis da Fé
Campo Missionário
E-BOOKs Ripari
Horizonte
Batalha Espiritual
Seitas e Heresias
Aconselhamento Bíblico

O PAPADO E OS "DIREITOS HUMANOS”  

 

AS NAÇÕES ORGULHAM-SE DO SEU PASSADO e festejam seus benfeitores, mas o Vaticano evita mencionar sua história ou reproduzir a biografia de muitos papas por não harmonizar com o Que dizem representar.

 

PAPA NICOLAU V

 

Quase todos os papas foram autoritários como Nicolau V, ano 1447-55, que autorizou o rei de Portugal "guerrear povos africanos, confiscar suas terras e fazer escravos". Esse papa proclamava: "Sou tudo em todos, minha vontade prevalecerá Cristo mandou Pedro embainhar a espada, mas eu mando desembainhar!”.

 

SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

 

Santo Afonso Maria de Ligório, 1700, canonizado, também surpreendeu Quando deixou ver Que a Igreja Católica sanciona o roubo! Esse "Santo" escreveu Que "Se alguém roubar pouco, sendo pobre não comete pecado!" Bem podia ser o padroeiro, dos nossos trombadinha. (Dabium, Ligório, CHINIQUI p. 122).

Quando os papas ainda não eram "infalíveis" erraram no julgamento de Galileu Galilei. Doente e com 70 anos de idade foi trazido de maca na presença do papa Paulo V para retratar-se de seus conhecimentos de astronomia.

Galileu afirmava Que a terra gira em torno do sol, ensino Que contrariava os papas e a Igreja Católica.

Temendo a fogueira da inquisição o sábio retratou-se, e foi condenado a recitar sua retratação de joelho e ler 7 Salmos por dia indefinidamente!

Alguns historiadores registraram que Quando lhe perguntavam se havia assinado a retratação dizia: Assinei, mas que gira, gira! .

O VATICANO E A IGREJA SÃO MENCIONADOS NO APOCALIPSE COMO "Embriagados com o sangue dos Santos e das Testemunhas de Jesus ! " ( Ver Apoc. 17 :6)

 

Veja suas principais matanças:

 

1. Em 1208 exterminam os Cristãos Albigenses no Sul da França.

2. TORQUEMADA, padre dominicano, espanhol, comandou por 8 anos a morte de 10.200 Cristãos não Católicos Que incluía intelectuais e maçons, foram queimados vivos, foi
horrível! O Bispo Hooper foi sacrificado com pouco fogo e gritava: "Aumentem o fogo,
mais lenha!” Ao Seu lado numa caixa estava o papel de perdão, bastava retratar-se mas não fez.

3. Só na Espanha 31.912 Cristãos além de livres pensadores foram mortos pelos papas,
291.450 foram martirizados e 2 milhões foram banidos, A Espanha que era nação poderosa tornou-se país sem expressão.

4- Carlos V, anos 1500-58, destruiu a mando do papa em exercício 50 mil Cristãos.

5. O Papa Pio V, anos 1572-85, organizou o extermínio de 100 mil Anabatistas.

PAPA PIO V

 

Esse mesmo papa, com os jesuítas, insuflaram as Igrejas e exterminaram 70 mil protestantes na noite de 24 de agosto de 1572 na França.

O papa celebrou mandando que as Igrejas cantassem o TE DEUN e cunhou moedas comemorativas ao massacre.

6. Em 1590 o Vaticano incentivou as Igrejas e eliminaram 200 mil Hugnotes

7- O Monarca Alemão Fernando II, anos 1578-87, instigado pelos jesuítas começou uma
guerra de extermínio contra os protestantes; essa guerra religiosa terminou em guerra política e tirou a vida de 15 milhões de pessoas (anos 1618-48).

TUTA SCELERA ESSE POSSUNT. SECURA NON POSSUNTI

Na 2ª Guerra, 1939-45, o Vaticano envolveu-se escandalosamente. A Imprensa mostrava o clero abençoando as tropas e armamentos italianos que partiam para massacrar os negros na Etiópia.
Um Cardeal inflamado chegou a discursar: "Não Queremos a guerra, mas esta guerra estabelecerá na Etiópia a" SANTA MADRE IGREJA CATÓLICA ““.

(Ver os jornais da época),

Ao terminar esse conflito, suja-se o Vaticano concedendo seus passaportes a criminosos de
guerra como Eichman, Walter Rauff e outros; a caçadora de nazistas Beate Klarsfeld possue esses registros inclusive de bispos católicos que hospedaram e facilitaram a fuga de Josef Mengele. 

 

A ESTRAPADA 

 

A ESTRAPADA foi instrumento de suplício que a Igreja Católica usou nos tempos da Inquisição que durou 500 anos e tirou a vida de milhares de pessoas inocentes.

A narrativa abaixo foi escrita por uma testemunha que presenciou o suplício de seis Luteranos na ESTRAPADA, em Paris, na França.

Essa testemunha foi G.W. Felice que registrou em seu livro THE BULWARK "Aquele espetáculo”.

A praça estava cheia de ossos de mártires, relíquias da Igreja, e os telhados apinhados de
pessoas que vieram para assistir o suplício.

A procissão estava chegando, padres traziam numa haste a cabeça de S. Luiz, outros traziam a "verdadeira coroa de espinhos" que Cristo usou e outros conduziam "pedaços da cruz de Cristo".

Na frente vinha a imagem de S. Genevive, padroeiro de Paris, a multidão se esforçava para tocar nas relíquias e tropeçavam nos ossos espalhados pelo chão.

O rei, convidado pelo clero estava presente empunhando uma tocha de cera e por ordem dele trouxeram para a praça o "relicário de Saint Clapelli pela primeira vez".

Cardeais e bispos presenciavam de seus lugares o espetáculo; a ocasião era importante, ia ·queimar na ESTRAPADA seis Cristãos Luteranos, os mais corajosos tiveram suas línguas cortadas para não sensibilizarem os carrascos com orações e textos bíblicos.

Os luteranos foram suspensos numa trave, levantavam e baixavam essa trave para aumentar o suplicio e 0 tornar mais emocionante!

OS BISPOS E PADRES estavam ativos, houve muitas mortes, eles prometiam a "quarta parte dos bens das vitimas" para os dilatadores e concediam "indulgências" para os que ajuntassem lenha para as fogueiras.

History of Protestant of França por G.W. Felice, publicado em Londres por George Rontledge em 1853.

 

DIVERGÊCIAS E CONTRADIÇÕES

 

VEJA ALGUMAS SITUAÇÕES QUE CRIARAM:

PAPA GREGÓRIO I

 

O PAPA GREGÓRIO I, anos 590-604, pronunciava-se contra um "Sacerdócio Universal" nas mãos de um só homem e dizia: Quem desejar ser o Bispo Universal será o Anti-Cristo! Mas foi o que fizeram.

 

PAPA ESTEVÃO VII

 

O PAPA ESTEVÃO VII, ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Est%C3%AAv%C3%A3o_VII)  ano 861, odiava tanto o Papa Formoso, já morto, que mandou desenterrar seu cadáver, sentou o no Trono papal, cortou lhe a cabeça e jogou o no Rio Tibre em Roma! E o papa João XXIII, ano 1415, foi acusado de ter envenenado seu antecessor, Alexandre V.

A INFALIBILIDADE PAPAL foi pretensão que começou com as falsas "DECRETAIS DE
ISIDORO" (ver pg. 3 deste opúsculo) .

Os Concílios de Posa, o de Constança e o de Basiléia resistiram à pretensão; o de Constança, ano 1414, registrou que os Concílios estão acima dos papas e da hierarquia eclesiástica (Ver Janus pg. 226),

A Igreja, no entanto foi vencida! O papa Pio IX, 1846-78, ambicioso de poder assinou o dogma que era criticado pela Cristandade incluindo a Igreja Ortodoxa que chamava a infalibilidade de "blasfêmia que coroou o Papado".

 

CONHEÇA MELHOR PIO IX que sancionou a "Infalibilidade".

PAPA PIO IX

 

1- Fez guerra contra a Itália e perdeu os "Estados pontifícios" (1870).

2- Ordenou desobediência civil aos poderes constituídos.

3. Fez de Maria, mãe de Jesus uma deusa.

4- Sem consultar nenhum Concilio proclamou o dogma da Imaculada Conceição.

5- Fomentou o apreço às relíquias e as superstições na Igreja.

6- Disse que “A liberdade de consciência foi o mais pestilento de todos os erros". . Pronunciou-se contra a liberdade de palavra e de Imprensa.

O Estado do Vaticano nunca se ajeitou com liberdade e Democracia, reclama esses direitos
somente onde não domina.A revista NEWSWEEK afirmou que a "Igreja Católica reclama
Direitos Humanos no exterior, mas nega concede-los ao seu próprio povo". (Estado 02.08.83).
Estão bloqueando o pedido insistente de seis mil padres que desejam deixar a batina; mesmo
assim 1.274 escaparam em 1982; o Vaticano informou que 81.713 padres em todo o mundo
 “desertaram" na década 1973-83. (Ver Estado 13.02.83, 11.09.84 e 07.09.85).

MU ITOS BISPOS, padres e maiores da hierarquia divergem sobre vários dogmas que se fossem abolidos aplaudiriam!

Divorciados dos Evangelhos não conseguem gerar seus próprios sacerdotes. "No Brasil a metade dos padres são estrangeiros" (Dom Luciano, Rev. Veja 30.01.80).

Sentindo que o povo se espalha, a Igreja vem praticando o sincretismo religioso; Iemanjá já
desfila em procissões na Bahia ao lado da "Virgem Maria", os macumbeiros lavam as Igrejas e as estatuetas católicas são comercializadas com os ídolos AFRO-ASIÁTICOS.

Outra contradição é o Vaticano manter o TRIBUNAL DE ROTA que anula casamento de casais ilustres por grandes somas e ficar "angustiado" quando o divórcio é votado nos países católicos!

Querem o monopólio...INDUZEM CONSCIÊNCIAS SENSIVEIS, especialmente do sexo feminino escravizando-as; são milhares de moças e senhoras enclausuradas em lúgubres conventos devido à fé falsa que receberam.

Acaba de sair o livro das Freiras Nacy e Rosemary sobre "As Freiras Lésbicas",
onde elas expõem com clareza a situação nos conventos; ninguém sabe que tipo de tratamento aquelas moças recebem!

O Vaticano deveria ordenar a recuperação de suas mentes distorcidas, abrir os portões, devolvendo-as à sociedade. ('leia Estado 12.11.86). . .

O CONVENTO E O INFERNO ONDE A LEI NAO ENTRA disse o escritor Jules Michelet no seu livro: O Padre, a Mulher e a Família, página 144.

  

 

O DECLINIO DO PAPADO

 

O PAPADO AINDA EMBRIONÁRIO FUNDIU-SE com o Império Romano que se desintegrava no século IV e começou dominar as Igrejas gradativamente.

Para sobreviver tornou-se político-religioso, mais tarde necessitou fazer alianças com os francos, posteriormente, já no século VIII ganhou "fama" com as falsas.

"DECRETAIS DE ISIDORO" (Ver pg. III deste opúsculo).

Com o crescimento das Igrejas Independentes o papado sentiu-se ameaçado, então instituiu
a Inquisição, Forno Incinerador do Catolicismo.

O PAPADO FOI PODER MUNDIAL, dominou reis, possuiu territórios, recolheu impostos, tiveram exércitos e destruíram seus opositores!

"PODEMOS MUDAR OS PRECEITOS DE CRISTO, revogar leis, podemos fazer com que o errado seja certo", tudo isso os papas proclamavam! (Ver Decreto, Trasl. Ep.).

Depois do século XIII o papado declinou tanto que nos fins dos séculos XVIII só lhe restava o Vaticano.

 

VEJA OS LANCES DESSA QUEDA:

 

1. Ano 869 a Igreja Ortodoxa separou-se recusando submissão ao Papa.

 

PAPA BONIFÁCIO VIII

 

2- O papa Bonifácio V III, ano 1294, redigiu a bula "Unam Sancta" que prescrevia:

"Toda criatura para se salvar deve submeter-se ao Pontífice Romano".

Como o \/aticano havia massacrado cristãos não católicos na França em 1229 e continuavam com perseguições, o Rei Felipe "o Belo", em parte por vingança humilhou o papado até o pó!

Removidos para Avinhão na França, tornaram-se meros instrumentos da Corte Francesa por 70 anos.

3- Cristãos eminentes também concorreram para o declínio do papado:

Arnaldo de Bréssia tornou "público os latifúndios da Igreja" e por isso foi enforcado pelo papa Adriano V I, anos 1154-59.

João Huss, Reitor da Universidade de Praga, Boêmia, pregou contra o "culto a imagens
e mostrou que na Bíblia não havia purgatório" por isso foi queimado vivo em praça
pública.

O papa Alexandre VI, 1492.1503 mandou enforcar o grande orador Savonarola por denunciar suas imoralidades.

Outros tomaram coragem como o poeta Petrarca um dos iniciadores da Renascença
anos 1304-74, Petrarca chamou o Vaticano de "CLOACA DO INFERNO".

4- Outra força que contribuiu para o declínio do papado foi o Reavivamento Cultural do século XIII; (Renascença).

Surgiu a Imprensa, a Bíblia foi editada, o povo instruiu-se e a mente humana emancipou-se da influência clerical.

O Vaticano estremeceu! Um prelado discursando na época disse:

"Destruamos a Imprensa ou ela nos destruirá" (1.492).
5- A REFORMA VEIO NO ANO 1517, ao troar a trombeta do Monge Martin Lutero vários países se ergueram como gigantes!

Lutero relacionou a Bíblia com o Catolicismo e ficou perplexo; disse ao Papa: "Raciocinemos sobre isto" e o Papa respondeu: "Submete-te ou morrerá queimado!”.

Depois de Lutero vieram Zwinglio, Calvino, Knox e outros que fortaleceram os Cristãos
perseguidos.

6- Em 1870 Roma pertencia ao Vaticano; Vitor Emanuelli fez um plebiscito para a cidade
voltar a ser da Itália. O resultado foi de 133.648 votos a favor e só1. 507 contra.

Perdendo para a Itália sofreram tremenda humilhação!

7- A difusão da Bíblia, o aprimoramento da Cultura e da Civilização e outras forças também contribuíram para o declínio do papado. Esses avanços forçaram o Clero a conviver com a Democracia, liberdade de Consciência, Direitos Humanos e outras conquistas sociais.
8- PRESENTEMENTE O SENADO DA ITALIA aprovou uma lei na qual o Catolicismo
deixa de ser "religião nacional" estabeleceu liberdade de culto, separação entre a Igreja e
o Estado, Roma não é mais "Cidade Sagrada do Catolicismo" e obriga o Vaticano pagar
impostos de suas propriedades em Roma.

É o declínio que se acentua!... (Estado 25.01.84).

Com seus dogmas questionados, impregnados de crendices e superstições, como consegue o Catolicismo sobreviver como instituição Cristã?

Para isso construíram templos suntuosos, entraram na política, partiram para a cultura e adotaram o sincretismo religioso; com esses expedientes fundiram-se na sociedade disfarçando sua falência como Igreja Cristã. 

Enter content here

Enter supporting content here